A CONSTRUTORA

imagem_ABRE_secoes

Crescer faz parte da vida, da sua e da nossa

Fundada na década de 80, a Jacutinga surgiu da parceria e do esforço de seus sócios que viam nela um projeto de vida. O apoio e o incentivo inicial do antigo Grupo Roque & Seabra foi essencial para o nascimento da empresa, em especial de Emília Fernandez Affonso. A princípio, a Jacutinga surgiu com o intuito de prestar serviços de construção e depois de alguns anos começou a incorporar e construir seus próprios empreendimentos. O Ed. Renata (1989) foi o primeiro dessa nova fase e deu espaço a uma série de outros empreendimentos. Ao longo dos anos e das entregas de obra, tornou-se referência de qualidade construtiva entre seus clientes. Já no mercado se destaca como a 51ª empresa no ranking geral de incorporadoras e 45ª no ranking geral de construtoras (base de 2007) de acordo com a Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (EMBRAESP). Por conta disso, a Jacutinga acredita que: crescer faz parte da vida, da sua e da nossa.

Certificação PBQP-H – Nível A

A Jacutinga, através do seu aprimoramento contínuo e uma política de qualidade rigorosa, foi reconhecida pelo Governo Federal no Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-H) – Nível A. O seu objetivo é certificar que uma construtora apresente melhoria da qualidade do habitat e a modernização produtiva em suas construções.

As buscas por esses objetivos, por sua vez, envolvem um conjunto de ações, entre as quais se destacam: avaliação da conformidade de empresas de serviços e obras, melhoria da qualidade de materiais, formação e requalificação de mão-de-obra, normalização técnica, capacitação de laboratórios, avaliação de tecnologias inovadoras, informação ao consumidor e promoção da comunicação entre os setores envolvidos.

A certificação reafirma o compromisso da Jacutinga em sempre ser referência de qualidade construtiva entre seus clientes.

Selo Verde

Pensando em seu compromisso com o meio ambiente, a Jacutinga foi reconhecida com o Selo Verde, Certificado de Destaque Ambiental emitido pelo Jornal do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, pela sua excelência em práticas sustentáveis em seus empreendimentos.

O Selo Verde é emitido após rigorosa pesquisa do Jornal do Meio Ambiente junto a órgãos como Ibama, Conama, Cetesb, secretarias estaduais e municipais do Meio Ambiente, e tem como objetivo conferir às empresas que possuem licenças operacionais, emitidas pelos órgãos ambientais, o estímulo a continuidade ao uso – e aperfeiçoamento – de tecnologias que visem o desenvolvimento sustentável, aliando modernidade à preservação ambiental

-->