GUIA DE COMPRA DO IMÓVEL

compraimoveis

Guia de Compra do Imóvel

Adquirir um imóvel é uma conquista muito importante na vida de cada um. Pensando nisso, criamos um guia de compra do imóvel, para que você esclareça suas dúvidas e tenha mais confiança e tranquilidade em seu negócio:

O que é Incorporadora?

É a empresa responsável pela viabilização do empreendimento imobiliário. Isso inclui vários aspectos, tais como, registrar e incorporar o imóvel juntos aos órgãos estatais, estudar a viabilidade do projeto, comprar o terreno, desenvolver o seu formato e estrutura, bem como, entrar em contato com empresas imobiliárias e corretores para comercializá-lo.

O que é Construtora?

É a empresa responsável pela construção do projeto imobiliário. Lembrando que uma empresa pode ser construtora e também incorporadora.

Com quem comprar?

Antes de fechar negócio, é preciso levantar alguns pontos importantes. Conheça alguns deles:

• Verifique o histórico completo da empresa, se tem qualidade no acabamento, se cumpre pontualmente com o prazo de entrega ou se há muitas reclamações sobre ela por parte dos compradores;

• Caso vá comprar um imóvel na planta, verifique todas as informações contidas no Memorial Descritivo, contrato e planta. O Memorial Descritivo é a descrição detalhada do empreendimento e suas unidades.

• O financiamento imobiliário apenas é liberado se não houver restrições financeiras por parte da empresa;

• Confirme se o bem está registrado no Cartório de Registro de Imóveis e aprovado pela Prefeitura da região escolhida para morar;

• No memorial descritivo e na planta da unidade constam os materiais que foram utilizados para a construção. Compare com as informações de divulgação e veja se estão iguais;

Como efetuar o pagamento?

O cliente pode efetuar o pagamento de três formas distintas, sendo: compra direta, financiamento e Uso do Fundo de Garantia (FGTS).

O que é Índice de Correção?

Este índice corresponde a atualização de valores que ocorre anualmente em decorrência à elevação do custo de vida, para que estes sejam proporcionais.

No caso de financiamentos, por exemplo, são indicados em contratos os índices de INCC – índice Nacional de Custo da Construção (aplicado mensalmente durante o período de construção) e IGPM – Índice Geral de Preços do Mercado (aplicado mensalmente após o habite-se).

Qual a diferença entre Correção Monetária e Juros?

Entende-se por juros, o rendimento obtido por meio de um valor emprestado ou ainda, uma porcentagem que rende um determinado capital durante um período de tempo ou remuneração dos investimentos de valores feitos na modalidade de empréstimo a terceiros. Assim, podemos dizer que os juros são quase como uma espécie de aluguel que a pessoa paga a um contratante por ter adquirido uma quantia em dinheiro, por exemplo.

Já a correção monetária é tida como a recuperação de compra do valor que foi emprestado. Assim, os índices de preços e dos custos de vida servem para eliminar distorções do valor da moeda, bem como corrigir valores reais e nominais de um período. É necessário que eles estejam descritos em contrato.

O que é um financiamento?

É uma modalidade de empréstimo prestada por diversas instituições financeiras, que oferecem ao cliente maior facilidade na compra do imóvel. Esta operação é denominada Repasse e pode ocorrer em momentos diversos, conforme negociado junto ao Instrumento Particular na Promessa de Compra e Venda.

Qual é a documentação necessária?

A documentação exigida pode variar conforme a instituição financeira escolhida.

De um modo geral, são necessários documentos que comprovem a renda familiar, bem como, a ausência de restrição cadastral em órgãos de proteção ao crédito.

Porém, independente da documentação exigida, é preciso apresentar todas as cópias legíveis. Quanto mais rápido as documentações forem enviadas, mais rápida será a liberação do crédito.

Na dúvida, consulte seu agente ou a imobiliária responsável.

Como utilizar o FGTS?

O FGTS pode ser conforme regras estabelecidas pela Caixa Econômica Federal, que regulamenta essa questão. Como elas variam constantemente, consulte-as em www.caixa.gov.br.

Como retirar?

As informações de retirada das chaves estão pontuadas no contrato. Para saber maiores detalhes, entre em contato com nossa Central de Relacionamento.
Somente poderão retirar as chaves aqueles que participaram do contrato e ou financiamento, assim como, representantes legais com procuração e firma reconhecida.

A entrega das chaves ocorrerá somente após a quitação do saldo devedor através de financiamento, FGTS* ou recursos próprios. (*FGTS: consultar condições para utilização no site caixa.com.br).

A entrega ocorrerá sempre com data e horário pré-agendado por nosso departamento de Atendimento ao Cliente.

O que recebo?

No momento da entrega das chaves, o cliente receberá os seguintes itens:

  • Termo de recebimento do imóvel em 2 (duas) vias. Uma fica assinada e em posse da Jacutinga;
  • Chaves de acesso ao local;
  • Carta de apresentação do proprietário. Esta deverá ser entregue na portaria para o síndico ou zelador;
  • Manual do Proprietário.
Manual do Proprietário

No momento de entrega das chaves será entregue o Manual do Proprietário. Nele observam-se algumas informações importantes, sendo:

  • Orientações acerca da utilização do imóvel e de sua manutenção;
  • Garantias e prazos da assistência técnica;
  • Relação de fornecedores;
  • Memorial de acabamentos (nele consta o descritivo de materiais que foram utilizados na obra);
  • Planta de arquitetura, planta de indicação de pontos elétricos e desenhos esquemáticos das instalações hidráulicas.
-->